Confederação do Desporto de Portugal
 
CDP Comunicação e Marketing Notícias CDP Geral CDP enviou o seu contributo no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência

CDP enviou o seu contributo no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência

A Confederação do Desporto de Portugal enviou, hoje, para os ministros do Planeamento e da Educação, respetivamente Nelson de Souza e Tiago Brandão Rodrigues, o seu contributo no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência “Recuperar Portugal, Construir o Futuro”.

No documento enviado, a CDP alerta uma vez mais para o enorme impacto que o Desporto e o movimento associativo têm tido ao longo deste último ano, em que têm estado sujeitos a enormes restrições, seja ao nível da perda de receitas financeiras substanciais, seja ao nível de épocas desportivas inacabadas e/ou nunca começadas, seja ao nível dos escalões mais jovens sem poderem treinar e competir de uma forma continuada e formal, ou ainda ao nível dos clubes desportivos de base que em muitos casos encerraram portas e podem nunca mais voltar a abrir. Ainda no seu contributo a Confederação considera um erro colossal que o Plano de Recuperação e Resiliência não tenha em conta o fator estratégico que o Desporto representa e pode vir a representar na recuperação e resiliência da economia nacional e por sua vez de uma forma transversal para Portugal.

Para o presidente da CDP, Carlos Paula Cardoso, “o desporto nacional carece de apoio urgente! O tecido desportivo na sua generalidade, sobretudo o de nível local, não aguenta muito mais tempo sem se desintegrar. Deste modo o Plano de Recuperação e Resiliência não substitui aquilo que é fundamental ser realizado pelo Governo urgentemente, que é a criação de um fundo de apoio ao desporto aliás algo que a CDP tem vindo a falar desde a reunião de 23 de abril, com as federações, a ser gerido por uma comissão de gestão que integre, além da Confederação do Desporto de Portugal, também o Comité Olímpico e o Comité Paralímpico.”

Por fim a Confederação do Desporto de Portugal, enquanto representante do movimento associativo desportivo, desde o início da pandemia, sempre defendeu uma ação concertada coesa e unida dos vários atores desportivos em articulação com os parceiros políticos e sociais. Uma vez que, consideramos excelente e abrangente o documento/proposta apresentada por cinco federações desportivas (Andebol, Basquetebol, Futebol, Patinagem e Voleibol) não será curial apresentar mais documentos dispersos. No sentido de o movimento associativo apresentar um documento uno, a Confederação do Desporto de Portugal demonstra o deu interesse e desejo de o subscrever o documento, das federações atrás mencionadas, na integra.







Fonte: CDP, 01/03/2021

Parceiros Oficiais

Logótipo da Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto. Logótipo do Instituto Português do Desporto e Juventude. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo dos Jogos Santa Casa.

Parceiros Comerciais

Logótipo da agência de viagens Cosmos. Logótipo da Sagres. Logótipo da Multicert. Logótipo da MDS.

Parceiros Comunicação

Logótipo da RTP. Logótipo do SAPO Desporto. Logótipo de "A Bola".
Este site utiliza cookies para ajudar a sua experiência de navegação. Ao navegar sem desativar os cookies, estará a concordar com a nossa política de cookies e com os nossos Termos, Condições e Política de Privacidade.