Confederação do Desporto de Portugal
 
CDP Comunicação e Marketing Notícias Desporto FADU Universíadas Shenzhen 2011: Duarte Lopes é de novo Chefe da Missão Portuguesa

Universíadas Shenzhen 2011: Duarte Lopes é de novo Chefe da Missão Portuguesa

duarte_lopesAno impar é significado de ano de Universíadas. Desta vez em Shenzhen, a FADU junto com as mais diversas entidades e federações já está a trabalhar há alguns meses na delegação que irá representar Portugal na China.
A Universíada de Verão é considerada o segundo maior evento multi-desportivo a seguir aos Jogos Olímpicos. Este ano a organização do evento faz uma estimativa de 13.000 participantes e pretende ultrapassar a participação recorde de 174 países que ocorreu nas Universíadas de 2003, em Daegu, na Coreia do Sul.

O evento decorre de 12 a 23 de Agosto com 21 modalidades em competição. O número de oficiais e atletas da Delegação Portuguesa ainda não é conhecido, contudo, o cargo de Chefe de Missão foi atribuído novamente a Duarte Lopes, Chefe de Missão das Universíadas de Verão (Belgrado, 2009).

“Cereja no topo do bolo”
Duarte Lopes “abraça” novamente este projecto de organização da Delegação Portuguesa e recebeu a função com muito agrado. “É uma função que muito me honra e junta o trabalho no meio profissional que eu mais adoro (desporto e desporto universitário) com a alegria de ver os nossos melhores atletas a representar Portugal”, conta.

Estar numas Universíadas é para si “o reencontro com todos os técnicos e dirigentes das nossas Federações Desportivas, a oportunidade de conhecermos instalações desportivas modernas, conhecermos ou reencontrarmos amigos de todos os cantos do mundo, durante o evento”.

Os Primeiros Passos
Numa primeira fase a Delegação trabalha na análise de quais as modalidades, atletas e federações serão as mais adequadas e motivadas para o projecto. “É fundamental para o sucesso da delegação de Portugal angariar um conjunto de parcerias, nomeadamente as Federações e as Secretarias de Estado que tutelam o Desporto Universitário”, explica. Duarte Lopes, acrescenta ainda que, foram iniciados alguns contactos institucionais com outros potenciais parceiros ligados não só ao Oriente, mas também ao Turismo”.

Depois de uma participação histórica na edição de 2009, com 3 Medalhas de Ouro e 2 Medalhas de Bronze conquistadas em Belgrado, atribui algumas expectativas na equipa. Contudo, Duarte Lopes comenta que “a responsabilidade de organizar a melhor delegação de Portugal de sempre terá sempre de existir, independentemente dos resultados alcançados na Universíada anterior”.

País desportivo VS Missão Universíadas
“O nosso país desportivo é algo abrangente e diversificado, pelo que teremos dificuldade em enquadrá-lo numa só resposta”, comenta. Reunir “as vontades” de todos os agentes – desde os atletas, treinadores, federações, passando pelas Instituições de Ensino, Instituto Desporto de Portugal até às Secretarias de Estado – não é de todo uma tarefa facilitada. Fazer com que todos percebam a importância de uma competição desportiva como é as Universíadas.

Porém, “pela diversidade existente e por alguma descoordenação ainda vigente, dificultamos a passagem dos nossos atletas pelas melhores experiências competitivas que existem”, explicando que “no fundo, não se potencia o percurso continuado e sistemático pelos Mundiais/Europeus de Juniores, Mundiais Universitários e Mundiais/Europeus absolutos como forma mais adequada e eficiente de garantir o sucesso desportivo ao mais alto nível”.

Duarte Lopes finalizou a entrevista, pelas oportunidades e experiências que tem vivenciado, com um sentimento que os estudantes-atletas são os que mais motivações e vontade demonstram ao longo de todo o processo. “São eles que treinam, competem e anseiam por melhores resultados para Portugal e é também por eles e pela sua força que abraçamos mais uma vez o projecto”, afirma convicto.

Percurso Académico: Licenciado e Mestrado pela U.Porto em Ciências do Desporto, conclui uma Pós-graduação em Gestão Empresarial (especialização em qualidade) pelo INDEG/ISCTE anos mais tarde.

Percurso Profissional: Chefe de Divisão do Desporto, Cultura e Bem-estar da Universidade de Lisboa, foi Secretário-Geral e DTN da FADU e também Professor de Educação Física e Desporto escolar.

Outras funções: É Director da Confederação Desporto de Portugal, Vice-presidente da European Network of Academic Sport Services (ENAS), Presidente da Associação de Gestores de Desporto no Ensino Superior de Portugal (AGDESP), foi Chefe de Missão aos Jogos da CPLP (2005 e 2008) e Chefe de Missão às Universíadas (2009).

Hobbies: É praticante de Orientação, BTT e Mergulho.

Fonte: FADU 19/01/2011

Parceiros Oficiais

Logótipo da Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto. Logótipo do Instituto Português do Desporto e Juventude. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo dos Jogos Santa Casa.

Parceiros Comerciais

Logótipo da agência de viagens Cosmos. Logótipo da Sagres. Logótipo da Lacatoni. Logótipo da Multicert.

Parceiros Comunicação

Logótipo da RTP. Logótipo do SAPO Desporto. Logótipo de "A Bola".
Este site utiliza cookies para ajudar a sua experiência de navegação. Ao navegar sem desativar os cookies, estará a concordar com a nossa política de cookies e com os nossos Termos, Condições e Política de Privacidade.
Mais informação Aceitar Recusar