Orientação - I Troféu Internacional de Cantanhede: Suecos dominaram

O I Troféu Internacional de Cantanhede organizado pelo Ori-Estarreja levou muita emoção e competitividade a Cantanhede, este fim-de-semana, mas no final o domínio dos representantes suecos foi completo.

No primeiro dia do evento, um percurso de distância média, numa zona plana das Dunas de Cantanhede mas com inúmeros pormenores de relevo e vegetação a tornar difícil a execução dos percursos sem cometer erros.

Os irmãos Troeng (Mats e Jan) foram líderes da prova de Elite até muito perto do final. Mattias Karlsson partia já perto do final e a emoção foi grande pois a sua prova foi toda realizada em ritmo e tempos de passagem similares aos de Mats Troeng, terminando apenas 5 segundos à frente do seu compatriota. O já veterano Mattias Karlsson que tinha sido recentemente 9º no Portugal O'Meeting 2008, cumpriu os 6,2kms do percurso em 31:07 a uma média inferior a 5 minutos por km.

Na Elite Feminina, também foram 3 suecas a ocupar os lugares do pódio. Num evento em que participaram representantes de 26 países diferentes, a Suécia provou o porquê de ser um dos países dominadores na Orientação mundial. A vitória no percurso a contar para o ranking mundial coube a Linnea Gustafsson que cumpriu os 4,5kms do percurso em 29:22, com o 2.º lugar a ficar com Lena Eliasson a apenas 8 segundos e a 3.ª compatriota a ser Lina Persson apenas a 22 segundos da vitória. As primeiras 5 atletas ficaram separadas por apenas 33 segundos.

No 2.º dia completou-se o programa do I Troféu Internacional de Cantanhede e o domínio sueco estendeu-se também ao percurso de distância longa. Nos masculinos Mattias Karlsson voltou a ganhar e Mats Troeng voltou a ser segundo, desta vez a 52 segundos de distância. Mattias Karlsson cumpriu os 14,4kms do percurso em 1:09:13 praticamente à mesma velocidade que havia imposto no primeiro dia de competição, apesar da extensão do percurso. O primeiro atleta não sueco foi o lituano Darius Sadeckas em 6º sendo o melhor português Tiago Aires (do SRSP Gafanhoeira) em 23º.

Ao contrário da competição masculina, na Elite feminina tudo mudou no segundo dia. Helena Jansson, que havia sido 4ª na véspera a escassos 22 segundos da vencedora pulverizou toda a concorrência com uma magnífica prova cumprindo os 11,5kms do seu percurso em 1:05:35 e deixando a 2.ª classificada, a compatriota Lina Persson a distantes 9:55. As 4 primeiras atletas foram suecas, sendo a primeira atleta não sueca, a checa Eva Jurenickova. Raquel Costa (SRSP Gafanhoeira) foi a melhor portuguesa em 22º lugar.

Nos escalões juniores venceram Emil Hjalmarsson e Martina Karlsson, 2 suecos como não podia deixar de ser... As vitórias portuguesas em escalões de competição foram para João Mega Figueiredo do CN Alvito e Joana Costa do GD4 Caminhos em juvenis, para Maria Palmira do COC em D40 e para Mário Duarte do ADFA em H45.

Por clubes saiu vencedor o Clube de Orientação do Centro de Leiria, em 2.º lugar ficou o Grupo Desportivo 4 Caminhos de Matosinhos e em 3º lugar o Clube Português de Orientação e Corrida de Oeiras.

Todos os resultados detalhados e mais informações sobre este magnifico evento em
http://wre.ori-estarreja.com. Na Taça de Portugal de Orientação pedestre, a mais importante competição regular nacional, segue-se a 8 e 9 de Março em Castelo de Vide, o Norte Alentejano O Meeting, o 8.º e antepenúltimo evento da época 2007/2008.