Confederação do Desporto de Portugal
 
CDP Comunicação e Marketing Notícias Desporto FPSurf Surf - Rip Curl Pro 09: João Guedes e Joana Rocha vencem nacional de surf

Surf - Rip Curl Pro 09: João Guedes e Joana Rocha vencem nacional de surf

Terminou hoje o Rip Curl Pro, a segunda etapa do Campeonato Nacional de Surf Open e Feminino 09, na Praia de Santa Rita, em Torres Vedras, disputado em ondas de 0,5m a 1m, com formação razoável e algum vento moderado de noroeste.

João Guedes, do Porto, o surfista nacional actualmente em melhor posição no ranking mundial do circuito de qualificação (WQS), venceu a prova e assumiu a liderança do ranking nacional, não escondendo o seu objectivo de vencer o título.

Numa final muito disputada, com ambos os atletas a conseguirem pontuações acima dos 14 pontos em 20 possíveis, Guedes começou logo ao ataque, com uma primeira onda de 8 pontos, acrescentando-lhe outra de 7,83 pontos alguns minutos depois, fazendo logo aí o seu score final de 15,83.

“Acredito que tenha sido uma final emocionante para quem assistiu de fora, pois tanto eu como o David fizemos boas ondas e estivemos bastante concentrados. Felizmente consegui apanhar duas ondas com bastante potencial logo no início da bateria e isso deu-me confiança para vencer finalmente uma etapa… o que já não acontecia há seis anos,” comentou o campeão do Rip Curl Pro.

“Andei muito perto de vencer etapas do nacional durante os três últimos anos, mas infelizmente isso nunca aconteceu. Agora que consegui, posso dizer que o meu objectivo é mesmo ser campeão nacional,” concluiu Guedes, de 23 anos, que ontem fez a melhor onda e o melhor score total do campeonato, respectivamente 9,33 e 17,50 pontos.

David Luís, outro dos atletas em destaque ao longo da prova, começou a final com ondas de menor pontuação, na casa dos 6 pontos e já só perto do final da bateria é que conseguiu apanhar a sua melhor onda, um 7,60, ficando a necessitar de outra na casa dos 8 pontos para destronar Guedes. Um resultado bastante expressivo para David, que em 08 foi um dos candidatos ao título nacional, mas que na primeira etapa deste ano perdeu nos oitavos de final, incaracteristicamente.

“Gostei muito desta prova,” afirmou o vice-campeão. “Excelente organização, muito bem integrada no Festival Ocean Spirit, que faz uma mistura engraçada entre os desportos de ondas e a música, com boas ondas e bom nível de surf. Estive muito concentrado e com as pranchas certas, embora na final me tenham faltado uns minutos extra para conseguir apanhar outra onda boa. Mas o Guedes estava inspirado e mereceu a vitória, sem dúvida. No entanto fico contente com o resultado, sobretudo porque consegui mostrar em competição o surf que tenho andado a treinar no dia-a-dia. Agora espero continuar com estes resultados e alcançar o título nacional, que me tem escapado. A concorrência é forte, mas isso também motiva. Venha a próxima!”

Nas meias-finais, em terceiro lugar ex-aequo e também em grande momento de forma, ficaram Alexandre Ferreira, o vice-campeão da primeira etapa e o veterano João Antunes que, quase aos 40 anos, continua a dar muitas dores de cabeça aos atletas mais novos.

Nos quartos-de-final, em quinto lugar, terminaram as suas provas Ruben Gonzalez, tetra-campeão nacional em título, Miguel Ximenez, Eduardo Fernandes e Leo Belime, o júnior algarvio que lidera o ranking nacional Pro Junior, que esteve muito perto de eliminar João Guedes na sua bateria e que aqui conquistou o melhor resultado da sua carreira no Campeonato Nacional Open.

E por falar em algarvios, Alexandre Botelho, companheiro de treinos de Leo Belime, foi o vencedor da Take Off Expression Session, com um bonito reverse, uma manobra de elevado grau de dificuldade.

Assim, após duas etapas, o Campeonato Nacional de Surf Open 09 é agora liderado por João Guedes, com Alexandre Ferreira na segunda posição, David Luís na terceira, Eduardo Fernandes na quarta e João Antunes no quinto lugar do ranking.

Na prova feminina, Joana Rocha venceu uma final muito renhida, contra três júniores, onde a campeã nacional em título, a muito jovem Carina Duarte, ficou a três décimas de ultrapassá-la, acabando por ter de se contentar com a segunda posição. Maria Abecassis voltou a marcar presença na final, terminando novamente na terceira posição e Joana Machado foi a quarta classificada na primeira final sénior da sua carreira. Estas atletas deixaram para trás, nas meias-finais, Mariana Leite, Raquel Sampaio, Joana Andrade e Filipa Prudêncio.

“Eu nem era para vir a esta prova,” comentou a vencedora. “Como estou a correr o circuito mundial e havia uma prova desse circuito que coincidia com esta, era suposto eu estar nos Estados Unidos. Mas acabei por não conseguir inscrever-me a tempo no mundial e assim aproveitei para mostrar o trabalho que tenho andado a fazer com o meu treinador. Parece que está a resultar,” afirmou sorridente Joana Rocha.

“Sinto-me finalmente muito melhor e com o joelho a que fui operada há dois anos a funcionar já perto dos 100%,” acrescentou a atleta da Ericeira. “Estava bastante tranquila na final, mas a concorrência foi muito forte. No entanto, estou super feliz com a minha prestação nas duas etapas do nacional, que não podia ter sido melhor,” concluiu a líder do ranking nacional, que conta com duas vitórias em duas etapas, sendo agora seguida por Carina Duarte e Maria Abecassis, na segunda e terceira posições, respectivamente.

Para Marcelo Martins, organizador do Rip Curl Pro, “a prova correu lindamente, com boas ondas, boas performances e resultados muito expressivos. Deu-me muito prazer ver todos os intervenientes satisfeitos, o público a adorar e a participar – a incentivar os atletas – e pessoalmente fiquei muito feliz por ter atletas que treino ou treinei nas duas finais. Foi um campeonato muito gratificante e agora só desejo que o mesmo aconteça amanhã, no Rip Curl Grom Search, com os atletas sub-16 a disputarem um lugar na final europeia deste evento.”

O Rip Curl Grom Search começa amanhã, a partir das 09h30m, com transmissão em directo (livestreaming), através dos sítios www.santacruzoceanspirit.org e www.surftotal.com.

Esta noite, uma vez que o Rip Curl Pro está integrado no Santa Cruz Ocean Spirit Music Fest, todos os que aqui se deslocarem  poderão contar ainda com grandes actuações dos Takana Zion e Marcelinho da Lua com MC Angelo B.

O Rip Curl Pro e o Rip Curl Grom Search são uma organização da Onda Pura, com o patrocínio principal da Rip Curl, mas também da Redbull, SPO, Take Off Surf Travel, Câmara Municipal de Torres Vedras, Federação Portuguesa de Surf e Associação Nacional de Surfistas, bem como o apoio da Surf Total, Zona Radical, Sport TV, RTP 2 e Ant3na.

Fonte: purofelling 26/07/2009

Parceiros Oficiais

Logótipo da Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto. Logótipo do Instituto Português do Desporto e Juventude. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo dos Jogos Santa Casa.

Parceiros Comerciais

Logótipo da agência de viagens Cosmos. Logótipo da Sagres. Logótipo da Lacatoni. Logótipo da Multicert.

Parceiros Comunicação

Logótipo da RTP. Logótipo do SAPO Desporto. Logótipo de "A Bola".
Este site utiliza cookies para ajudar a sua experiência de navegação. Ao navegar sem desativar os cookies, estará a concordar com a nossa política de cookies e com os nossos Termos, Condições e Política de Privacidade.