Confederação do Desporto de Portugal
 
Formação Programa de Formação Formação CDP Formação CDP Normalização Contabilística e aspectos fiscais para as Entidades do sector não lucrativo
×

Mensagem

Não existem vagas disponíveis.

FavoritosImprimirEmail

Normalização Contabilística e aspectos fiscais para as Entidades do sector não lucrativo

Data de Início:
Jun. 27, 2015
Data de Conclusão:
Jun. 27, 2015
Última revisão:
Jul. 13, 2015
Referência:
PFRHD-Mod-04-06
Visualizações:
767
Favoritos:
0 Adicione aos Favoritos
Investimento:
50,00 EUR
Local:
Lisboa
Distintivo Entidade Formadora Certificada
Lugares vagos:
0 de 13

Descrição

Curso Homologado pelo IPDJ, I. P.
Atribuição de 1,2 Unidades de Crédito
Instituto Português do Desporto e Juventude, I. P.

Descrição

O Decreto-Lei n.º 36-A/2011, de 9 de Março, aprova o regime da normalização contabilística para micro entidades e o regime da normalização contabilística para as entidades do sector não lucrativo.

De acordo com o referido Decreto-Lei, esta Normalização Contabilística é de aplicação obrigatória para os exercícios que se iniciem em ou após 1 de Janeiro de 2012.

Procurando contribuir para o esclarecimento dos diversos agentes desportivos, e abordando aspectos tão importantes como a responsabilidade civil e fiscal subsidiária dos Dirigentes, o Centro de Formação da CDP, promove a presente Acção de Formação de acordo com as informações seguintes.

Objectivo Geral

Dotar os formandos dos conhecimentos necessários para uma correcta aplicação do Sistema de Normalização Contabilística para Entidades do Sector Não Lucrativo.

Objectivos Específicos

No final da formação os formandos deverão ser capazes de:

- Conhecer o novo modelo contabilístico para Entidades do Sector Não Lucrativo (ESNL);

- Conhecer os diplomas legais que suportam o SNC para ESNL;

- Conhecer as possíveis isenções e benefícios fiscais para ESNL;

- Conhecer e perceber as responsabilidades dos dirigentes de ESNL.

Programa

A - Aspectos contabilísticos

  1. O novo modelo contabilístico para ESNL

     - Âmbito de aplicação: entidades sujeitas e normas revogadas

     - Dispensa de aplicação: regime de caixa

     - O modelo completo

  2. Estrutura conceptual e bases de apresentação de demonstrações financeiras

     - Caracterização das entidades

     - Os princípios gerais

     - Componentes das demonstrações financeiras

     - Definições

  3. O quadro de contas: Portaria nº 106/2011

  4. Tratamento das principais operações: Aviso nº 6726-B/2011

     - Activos fixos tangíveis e intangíveis

     - Subsídios e apoios

     - Instrumentos financeiros: activos e passivos

     - Rédito

  5. As demonstrações financeiras e sua apresentação: Portaria nº 105/2011

     - O balanço

     - A demonstração dos resultados

     - A demonstração dos fluxos de caixa

     - O anexo

B - Aspectos fiscais

  1. Isenções e benefícios fiscais

     - Em sede de IVA: Conceitos e condições a respeitar

     - Para efeitos de IRC: Definições e tipos de benefícios

     - IMI, IMT e IS – isenções

  2. Responsabilidade de dirigentes e técnicos

Formador

Dr. José Araújo    
Foto de Perfil do Formador José Araújo  

- Formador certificado com o CCP

- Licenciado em Auditoria

- TOC n.º 5

- Membro do Conselho Geral da Comissão e Normalização Contabilística

- Vice-Presidente financeiro da Associação de Futebol de Setúbal

Público Alvo

- Gestores de Desporto;

- Dirigentes e Técnicos de Federações, Clubes e Associações;

- Outros interessados.

Datas e Horário

27 de Junho de 2015, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 (inclui pausas de manhã e de tarde)

Duração da Acção

6 Horas

Modalidade e forma de organização

Acção de formação contínua e presencial

Metodologia de Formação

Metodologia prática, voltada para a acção, geradora de experiência e acção. A metodologia da formação é predominantemente participativa e assenta na realização de situações práticas, análise de situações concretas dos formandos, assim como na troca de experiências entre estes e o formador. Os métodos a utilizar serão o expositivo e participativo/activo.

Metodologias de Avaliação

Avaliação baseada em perguntas aos formandos e na participação e envolvimento destes na resolução dos problemas relativos aos trabalhos e exercícios práticos, com o intuito de avaliar a aquisição, compreensão e aplicação prática dos conteúdos, bem como o alcance dos objectivos específicos.

Entidade Parceira

Inatel

Local (Mapa)

Parque de Jogos 1º de Maio

Avenida Rio de Janeiro

1700-330 Lisboa

Academia Inatel - "Sala Amarela"

Data Limite de Inscrição

Não aplicável

Investimento

Público em geral: 50€

Associados CDP, Associados AGAP, Ex-formandos e estudantes: 45€00

Observações

São considerados Associados CDP, todos os agentes desportivos que desempenhem funções nas Federações Desportivas associadas da CDP, bem como nos restantes Organismos ligados a estas, tais como Associações e Clubes.

São considerados Associados AGAP, todos os agentes desportivos que desempenhem funções em Instituições associadas da Associação de Empresas de Ginásios e Academias de Portugal (AGAP).

São considerados estudantes todos os alunos até ao grau de mestre (incluído), desde que não desempenhem nenhuma actividade profissional (devendo comprovar essas condições).


Com a realização deste curso obterá 1,2 UC's (Unidades de Crédito), sendo os créditos válidos para Directores Técnicos e Técnicos de Exercício Físico.

Nota: Créditos pendentes de atribuição oficial por parte do IPDJ, IP.


Etiquetas associadas

Parceiros Oficiais

Logótipo da Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto. Logótipo do Instituto Português do Desporto e Juventude. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras.

Parceiros Comerciais

Logótipo da agência de viagens Cosmos. Logótipo do Banco BIC. Logótipo da Lacatoni. Logótipo da Multicert.

Parceiros Comunicação

Logótipo da RTP. Logótipo do SAPO Desporto. Logótipo de "A Bola".